top of page

Histórias em Torno das Taças


Caminhando pelas ruas de Moema neste sábado dia 02/11 em busca de um lugar para beber algo, encontrei o Empório Brazuca - A casa do vinho brasileiro, um aconchegante lugar na esquina das Alamedas de Aicás com Avenida Moaci. O que nos atraiu inicialmente foi o espaço de fabricação de cervejas com os taps controlados por cartão com chip, que vi da rua. Na entrada, ainda na calçada, uma churrasqueira de tijolinhos refratários, fazia um assado de tiras. Entrei e encontrei uma grande estante recheada de vinhos nacionais e um bonito espaço para degustação de vinhos. Resolvemos ficar e conhecemos então um dos sócios e sua impressionante história. Paulo Roberto R. Menezes é de Santana do Livramento, enólogo, foi proprietário da Rio Velho Vinhos Finos em Rosário do Sul na Campanha Gaúcha, onde colocava sua personalidade nos vinhos que fazia. Em nossa conversa contando sua história deu para sentir que ele é gente que faz. Da mesma maneira que ele ergueu com seu próprio suor a cantina localizada às margens do Rio Santa Maria, ele tocava as plantações e elaborava os seus vinhos. Infelizmente não conseguimos degustar o elogiado Rio Velho Tannat que não passava por madeira nem é filtrado e cujas uvas eram colhidas bem maduras, nem o seu Cabernet Sauvignon, porque Paulo perdeu seus vinhedos e sua vinícola em um incêndio que começou em um campo de soja vizinho à sua propriedade. Do Sul, Paulo foi para São Roque em São Paulo e agora está na Capital com o Empório lutando para vender vinhos nacionais porque "sua história não permite vender estrangeiros" e fazendo a cerveja artesanal porque "ele precisa manter a fermentação em sua vida". Uma bela história. Vale a pena visitar o Empório, conhecer o Paulo, tomar uma cerveja, degustar uns vinhos e comer um assado. Vamos voltar! #boastaças 🍷🥂

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page