top of page

Memórias em Torno das Taças 🍷📝🥂 - Do Exagero à Abstinência


Recebemos esta memória do querido Marcio Carneiro, amigo de longa data e que nos acompanha sempre, contribuindo para o Boas Taças. “Sempre fui uma pessoa precoce e a minha história com as bebidas não foi diferente. Fui criado em uma vila bem simples e com muitos amigos onde cheguei aos 5 meses e saí com 32 anos, casado e já com o meu primeiro filho. A infância e a adolescência foram regadas a muita brincadeira, festas e passeios, e começamos a beber bem precocemente. Me lembro aos 12 anos já tomando os primeiros pileques com a turma. Meu pai era um militar que trazia a educação de forma rígida e que no segundo copo de chopp ou segunda taça de vinho já estava alegre e parando de beber. Pois bem, aos 14 anos me excedi em uma noitada daquelas em uma boate no bairro do Grajaú, no Rio de Janeiro, chegando em casa bem mal. 😳 Na manhã seguinte, recebi a visita de meu pai no quarto, me acordando para ver a sujeira que fiz no único banheiro da casa (Imagina! Éramos uma família de 4 filhos). Após aquela repreensão, sem alterar a voz e usando algumas palavras duras mencionando caráter, moral, e outros valores que permeiam a nossa família, tomei uma decisão difícil e fiquei 23 anos sem colocar uma gota de álcool em minha boca. 😕 Isso mesmo, conheci a minha esposa, casamos, tivemos dois filhos e eu bebendo guaraná com laranja quando saíamos ou recebíamos alguém em nossa casa. Meu pai é uma referência inabalável pra mim e como senti que o desapontei decidi que nunca mais faria isso de novo 😊…….” Não termina aqui, pessoal! Na próxima publicação, o que aconteceu 23 anos depois! #boastaças #vinho #vinhos #sommelier #vinicola #vinhedo #familia #amigos #memorias #memoriasemtornodastaças

2 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page