top of page

Notícias em Torno das Taças 📄 - Eu, Robô? E o Romantismo do Vinho Onde Fica? (Parte 1)


Dando uma navegada pela internet encontrei um artigo na Revista Exame de 11/11/2016 por Ian Frisch, da Bloomberg com o título “Esse robô sabe mais sobre vinho que você”. Imediatamente me veio na cabeça um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, Eu, Robô, escrito por Isaac Asimov, publicado em 1950. Para os mais jovens, o livro serviu como base para o filme homônimo, no qual Will Smith interpreta o detetive Del Spooner. Eu, Robô é um conjunto de nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo onde são apresentadas as célebres Três Leis da Robótica: os princípios que regem o comportamento dos robôs e que mudaram definitivamente a percepção que se tem sobre eles na própria ciência. Voltando à Exame, a reportagem fala que Wilson, um dos únicos 230 Master of Wine na época, e que fez parte do filme Somm de 2013 mostrando sua trajetória para conseguir o título, criou um site de comércio eletrônico baseado em um algoritmo para customizar a venda de vinhos de acordo com o gosto dos clientes. Cada cliente é submetido a uma sessão de perguntas e respostas sobre degustação de vinhos — as perguntas são preparadas com o cuidado de evitar jargões pretensiosos — e os resultados são inseridos em um programa personalizado. Quando você cria um usuário no site da Verve - www.vervewine.com, o algoritmo apresenta recomendações ajustadas ao perfil de seu gosto pois o algoritmo se baseia na atribuição de valores a cada um dos componentes que Wilson considera importantes no vinho: acidez, nível de tanino, teor alcoólico e a presença de carvalho, ervas, flores, frutos, terra e especiarias. Após alguma pesquisa adicional encontramos que no Brasil, a Evino www.evino.com.br e a Wine www.wine.com.br já utilizam estas tencologias nas suas operações. Como não ficamos satisfeitos, fomos entender como a Tecnologia, Inteligência Artificial, Robotização estão influenciando a indústria do vinho e encontramos um mundo de aplicações ajudando a vitivinicultura. Continua no próximo post. Todo o conteúdo do #boastaças 🍷🥂em www.boastacas.com.br

14 visualizações2 comentários

2 Comments


claudioboastacas
claudioboastacas
Jun 29, 2020

Vindo de um professor como você, só tenho a concordar, meu amigo! 🤝😊🍷🥂

Like

Estas coisas tem limites quando vc pensa na principal razão de se beber um vinho: harmonizá-los em alto nível com os alimentos que comemos. Então, basta um toque diferente nos temperos, um molho mais ou menos ajustado aos sabores doces, salgados, ácidos, uma pitada a mais de sal, ou uma pimenta exótica... aí só o cérebro do homo sapiens para operar e resolver diante de tantas variáveis. Mas, a tecnologia é uma aliada e não uma adversária! 😎😇

Like
bottom of page