top of page

Vinhos da Domno Wines são reconhecidos pelo principal crítico de vinhos do mundo


Vinhos da Domno Wines são reconhecidos pelo principal crítico de vinhos do mundo

Viña Montes e Bodega Argento tiveram rótulos avaliados como excelentes por James Suckling; estes são comercializados no Brasil pela importadora do Grupo Famiglia Valduga


 

O renomado crítico de vinhos, James Suckling, famoso por sua abordagem democrática e detalhista, reconheceu a excelência das vinícolas Viña Montes e Bodega Argento, cujos rótulos são comercializados no Brasil pela Domno Wines, importadora do Grupo Famiglia Valduga. O americano, que não apenas pontua vinhos, mas também valoriza a jornada por trás de cada garrafa, destacou a qualidade de diferentes rótulos das duas marcas.


Suckiling, que é um dos críticos do universo dos vinhos mais influentes da atualidade, considera características como sabor, aroma e textura em suas avaliações. Ele, que prefere rótulos vibrantes e intensos, utiliza uma escala de pontos que funciona do seguinte modo: vinhos que conquistam 89 pontos são muito bons; de 90 a 94 são considerados ótimos e aqueles que levam de 95 a 100 são rótulos excelentes.


“Acredito que o consumidor de vinhos atual merece mais do que apenas críticas e sugestões. Eles precisam ver com os próprios olhos o lugar, as pessoas e o processo. Na verdade, há muito mais para aprender sobre vinho do que apenas números e prosa simples”, afirma o crítico, formado em jornalismo pela Universidade de Wisconsin (EUA).


Na avaliação de James Suckling, cinco vinhos da Viña Montes e dois da Bodega Argento obtiveram pontuações com 95 pontos ou mais, sendo considerados excelentes. Foram eles: Montes Alpha M (98 pontos), Montes Folly (97 pontos), Montes Purple Angel (97 pontos), Montes Wings (96 pontos), Montes Outer Limits Syrah (95 pontos), Single Block Malbec Altamira (95 pontos) e Single Vineyard Agrelo Cabernet Franc (95 pontos).


A Viña Montes nasceu do sonho de Aurelio Montes e Douglas Murray em produzir vinhos de qualidade premium no Chile, em 1987. Alfredo Vidaurre e Pedro Grand juntaram-se ao projeto e, assim, a vinícola chilena foi pioneira no país, focando nos atributos que os mercados internacionais desejavam. Desde então, a Viña Montes é sinônimo de qualidade, consistência e inovação, sempre buscando produções eficientes e sustentáveis, consagrando-se como uma das joias do vinho chileno.


O Montes Alpha M, destaque da vinícola chilena pela avaliação de Suckiling, é o resultado de uma produção extremamente limitada e de uma rigorosa seleção das uvas. Este vinho tinto, elaborado com as varietais Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon, Merlot e Petit Verdot, possui aromas predominantemente de frutas maduras, como morangos, cerejas e cassis, com notas sutis de menta e geleia. O envelhecimento em barricas francesas, durante 18 meses, confere um aroma de tabaco equilibrado com frutas. No paladar, o rótulo é muito equilíbrio e sedoso, com volume, sabor e persistência muito consistentes com o que se percebe no olfato. O Montes Alpha M acompanha uma nota láctica delicada.


Enquanto isso, a Bodega Argento, localizada no coração de Mendoza, tem se dedicado, desde 2012, a seguir a premissa de liderar a produção argentina de vinhos biológicos e sustentáveis. A vinícola se destaca pelo cuidado e preocupação com os recursos naturais, manejando as vinhas da forma mais orgânica possível. Na adega, a equipe de enologia preserva o melhor do terroir, utilizando a madeira de forma equilibrada e evitando extrações excessivas para manter a pureza, a frescura e a elegância em cada rótulo.


Para o crítico, um dos destaques da vinícola argentina é o Single Block Malbec Altamira. Este tipo de exemplar, denominado Single Block, diferencia-se principalmente pela cuidadosa seleção de microterroirs dentro de diversos vinhedos, segmentados em blocos, de acordo com o perfil de solo e idade das videiras. O rótulo da Argento é elaborado com a uva Malbec e possui maturação de 12 meses em foudres de carvalho francês de 3.500 litros. Com aromas concentrados, que remetem a frutas negras maduras e desidratadas, e sofisticadas notas de violeta e especiarias doces, este vinho tinto é denso e apresenta excelente estrutura no paladar. Sua acidez média, porém marcante, agrega equilíbrio ao conjunto. O final longo reforça o perfil aromático do Single Block Altamira e o torna convidativo. 


Vinhos da Domno Wines são reconhecidos pelo principal crítico de vinhos do mundo

 Eduardo Valduga, diretor do Grupo Famiglia Valduga, celebra as altas pontuações recebidas por Viña Montes e Bodega Argento. “As excelentes avaliações de James Suckling confirmam o empenho das vinícolas, que fazem parte do portfólio de Domno Wines, à produção de rótulos de qualidade mundial. Estes vinhos proporcionam uma experiência sensorial diferenciada aos nossos clientes, traduzindo o que nos propomos de levar o melhor de cada terroir por meio de uma taça de vinho”, afirma.


Para mais informações sobre estes e outros rótulos importados por Domno Wines, acesse o site.


Sobre Domno Wines


Fundada em 2008, na cidade de Garibaldi, coração da Serra Gaúcha, a Domno Wines pertence à Famiglia Valduga, grupo com quase 150 anos de história e tradição. Em seu portfólio estão 50 vinícolas - de nove países - e mais de 350 rótulos, incluindo exemplares premiados e únicos. Um dos grandes diferenciais da importadora é a cautelosa escolha de seus produtores, que possuem valores convergentes aos do Grupo, como o cuidado na produção da matéria-prima, aplicação das mais inovadoras técnicas de vinificação e valorização do relacionamento. Mais informações: @domnowines | Domno Wines | Domno Wines


Sobre o Grupo Famiglia Valduga


Reconhecido mundialmente por seu padrão de excelência e sua expertise em inovação, o Grupo Famiglia Valduga é composto pelas empresas Casa Valduga, Domno Wines, Ponto Nero, Casa Madeira, Brewine Leopoldina e Vinotage.


Casa Valduga é a vinícola que está entre as 10 principais do país e conta com a maior cave de espumantes da América Latina; Domno Wines, importadora que se dedica a trazer com exclusividade para o Brasil os rótulos mais consagrados do mundo; Ponto Nero, marca de espumantes reconhecida pelo seu DNA inovador a partir de rótulos com designers modernos e combinações únicas no mercado. A Ponto Nero conta ainda com a submarca Becas, vinhos frisantes em lata que permitem degustações saborosas, descomplicadas e em doses na medida certa. Casa Madeira, por sua vez, disponibiliza sucos de uva kosher, orgânico, integral e enriquecido com fibras – sem adição de conservantes, açúcar ou água –, sucos varietais, chás, geleias, antepastos e creme balsâmico, entre outros produtos gourmets; Brewine Leopoldina é a empresa que elabora cervejas especiais, transformando-as em experiências únicas, percorrendo o caminho perfeito entre os mundos enológico e cervejeiro. Por fim, Vinotage é a marca de cosméticos e bem-estar do grupo, responsável pela formulação de produtos diferenciados graças à sua base com o óleo extraído da uva.


A sede do grupo fica em Bento Gonçalves (RS), no Vale dos Vinhedos, local onde a Família Valduga instalou-se quando chegou ao Brasil.


Vinhos da Domno Wines são reconhecidos pelo principal crítico de vinhos do mundo

Fonte: Agência Pub

15 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page