top of page

Viagem a Mendoza - La Azul, Salentein e Domain Busquet

Hoje o Boas Taças esteve em 3 vinícolas La Azul, Salentein e Domain Busquet, todas localizadas no Vale de Uco, coração da província de Mendoza. A La Azul está em um pequeno lugar localizado ao pé do imponente Cordón del Plata, parte da Cordilheira dos Andes, e em 2003 engarrafou o fruto da sua primeira vindima, produzindo atualmente as seguintes linhas: uma de varietais jovens e frescos sem madeira (Malbec, Cabernet Sauvignon e Sauvignon Blanc) e outra de aromas e taninos mais intensos com criança de doze a quinze meses em barricas de carvalho francês e americano (Azul Reserva) e por último, vinhos ícones: Azul Gran Reserva, com dois anos de amadurecimento em barrica de carvalho, blend de Malbec e Cabernet Sauvignon e, ainda,o Azul Gran Syrah. A Salentein é uma vinícola lindíssima, composta de três fazendas localizadas entre 1.050 e 1.700 metros de altura. Na fazenda San Pablo, você encontra os vinhedos mais altos da província e alguns dos mais altos vinhedos do mundo. A alta altitude das fazendas apresenta duas vantagens centrais: a água e as temperaturas. A produção de vinhos compreende espumantes como o Salentein Extra Brut, feito do melhor Chardonnay e Pinot Noir e O Alyda, do qual a Pinot Meunier também faz parte. Três linhas fazem parte dos vinhos tranquilos: Jovens - 100% de vinhos varietais através de cortes selecionados a diferentes alturas e solos, conseguindo a melhor expressão do terroir das uvas resultando em aromas de frutas frescas; Reserva – onde Malbec, Merlot, Cabernet Sauvignon, Pinot Noir, Sauvignon Blanc e Chardonnay passam em barris de madeira resultando em vinhos tintos intensos e complexos com taninos sedosos e boa permanência, e em brancos macios com volume, boa acidez, frescor e final longo; Luxo – vinhos bem estruturados, elegantes, caracterizados por cor intensa, aromas e sabores, ricos e complexos sendo envelhecidos em barricas de carvalho francês, elaborados com Petit Verdot, Cabernet Franc, além das cepas anteriormente mencionadas. Almoçamos na vinícola Domain Bousquet, que tem o nome da família que chegou da França em 1990 e que produz vinhos orgânicos. Com 110 hectares localizados no vale Gualtallary exclusivo em Tupungato, Mendoza, a uma altitude de 1200 metros (4.000 pés), é um dos vinhedos de maior altitude de Mendoza e do mundo. Com 8 linhas de vinhos, a vinícola apresenta uma variedade que cobre todos os paladares: Domaine Bousquet Premium são vinhos frutados e concentrados que expressam a característica de cada varietal, sendo que os brancos são unoaked e os tintos fermentados em contato com o carvalho americano e envelhecido por 6 meses - esta linha é composta por Malbec, Cabernet Sauvignon, Merlot, Rosa, Chardonnay, Sauvignon Blanc e Chardonnay / Torrontes; Domaine Bousquet Reserve são produzidos com uvas das melhores parcelas com baixo rendimento, passando por uma pré-maceração e fermentação e pós-maceração e envelhecidos em barricas de carvalho francês por 10 meses, sendo a linha é composta por Malbec, Cabernet Sauvignon, Merlot, Pinot Noir, Chardonnay e Pinot Gris sem carvalho; linha Gaia feita com Varietais Orgânicos e Vinhedos de climas frios, no sopé dos Andes, com uvas cultivadas organicamente sem adição de pesticidas, com colheita manual, barrica fermentada e envelhecida em carvalho francês; a linha Grande Reserve produzida com uma variedade das uvas de qualidade mais excepcionais cujos vinhos tintos e brancos passam por uma pré-maceração, fermentação e maceração final durante 12 meses em barricas novas de carvalho francês; o vinho ícone Ameri é produzido com uvas colhidas a 1250 metros em clima frio, cultivadas organicamente sem adição de pesticidas, sendo um corte das melhores uvas, colhidas manualmente, fermentado e envelhecido em barris de carvalho francês por 16 meses. Dulce é um vinho que passa por uma longa fermentação em carvalho americano e seguido de uma longa maceração (em contato com as uvas), sendo envelhecido durante 12 meses em carvalho francês, apresentando aromas intensos e concentrados com notas de amora, groselha preta, cassis, chocolate e café, levando a um palato encorpado com taninos sedosos e sutileza em sua textura graças ao bem equilibrado açúcar, acidez e carvalho integrado. Ideal com sobremesas, chocolate e queijos; linha Espumante; e linha Camaleon que simboliza a história de Jean Bousquet, e no qual as uvas vêm de várias partes do Vale do Uco e dos próprios vinhedos da Domaine, resultando em um vinho de corpo inteiro, que exibe todo o espectro das características do terroir do vale de Uco. Boas Taças!



66 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page