top of page

O Vivino no Brasil pelo seu criador

Em nossa última publicação, falamos sobre o Vivino e sobre o lançamento da venda de vinhos pelo Apps deles no Brasil. Nosso colaborador e amigo Cleverson Novo nos encaminhou a reportagem "Garrafa de vinho meio vazia - Burocracia torna país complicado e atrasou início da venda de vinho por aplicativo", da UOL em que Mariana Bomfim entrevistou Heini Zachariassen, fundador do Vivino, para o UOL Lideres. Aqui alguns trechos relevantes que selecionamos: "Operamos em 15 países vendendo vinho, e geralmente o tamanho do mercado é o critério para começar a venda, mas pulamos o Brasil por muito tempo, mesmo o país sendo o segundo maior em número de downloads, porque parece que é um lugar muito complicado para fazer e-commerce de vinhos, com impostos, frete etc. Levamos um tempo para descobrir como fazer isso. Um dos maiores desafios são os impostos. Tivemos que encontrar parceiros em estados específicos para nos certificar de que nós teríamos as taxas certas. Nunca tínhamos visto isso em lugar nenhum. O frete e os preços são relativamente altos também. Tudo isso são dificuldades de negócios que não tivemos na Europa. Os Estados Unidos também são bastante complicados. Tivemos vários desafios aqui, mas nós os estamos enfrentando e lançamos nosso e-commerce. Honestamente, não conheço o ecossistema de negócios daqui muito bem, mas pelo que escuto, fico um pouco preocupado. Parece haver mais burocracia do que deveria. Cada mercado é diferente. Aqui, os vinhos do Chile, da Argentina e de Portugal são os mais populares, enquanto nos Estados Unidos são outros. Uma coisa que eu percebi no Brasil é que nós temos algumas ferramentas sociais no aplicativo, nas quais você pode curtir ou publicar um comentário, por exemplo. Por alguma razão, isso é extremamente popular aqui, mas não no resto do mundo. É como um Instagram, mas com vinhos. Não tem sido uma parte muito importante do nosso produto, mas aqui é. Fora isso, o Brasil é o nosso segundo maior mercado em downloads, atrás dos Estados Unidos. Temos 3,1 milhões de downloads aqui. O Brasil foi um "early adopter" do Vivino [um dos primeiros a usá-lo]." Obrigado, Cleverson e UOL! #boastaças 🍷🥂


32 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page